Por que estudar a empresa controlada por famílias, além do quesito sucessão?

 

A empresa familiar existe? Caso não tenha lido, recomendo fortemente para entender a sequência de temas tratados pelo LPPG.

Porque estudar apenas o tema sucessão não proporciona sustentação das estruturas necessárias ao desenvolvimento organizacional. Embora fundamental para a organização, não resolve o problema da gestão das empresas nem no curto, nem no médio e nem no longo prazo.

A definição de estrutura de poder para a organização pode ser confundida com o potencial de gestão. Para ser mais abrangente precisamos conhecer outras estruturas além daquela ligada ao poder, ou seja, os mecanismos que permitam o processo de gestão. Embora a empresa tenha nascido por uma visão empreendedora e seja guiada pela intuição dos fundadores, com o seu crescimento, demanda outras estruturas para ser competitiva e ter continuidade. Tratamos isso nas nossas pesquisas.

Tendo em vista a importância e escassas pesquisas acadêmicas, através do LPPG, desenvolvemos um projeto de longo prazo para estudar as peculiaridades das empresas controladas por famílias, dentro da perspectiva de gestão. O processo decisório e de relacionamento entre a família e a organização, de per si, provocam diferenciação no modelo e deve ser claramente entendido.

Caso você se interesse pelo tema e queira, além de receber informações, contribuir, que tal participar da pesquisa que estamos desenvolvendo? Você receberá em troca alguns benefícios. Veja o vídeo através do link:

 

Fábio Frezatti
Coordenador do Laboratório de Pesquisas em Práticas Gerenciais – FEA USP

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *