Planejamento estratégico como ferramenta de gestão no Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC)

 

 

Pesquisa realizada na Fipecafi demonstra que o IBGC está alinhado com os principais indicadores de conformidade social empreendedora, propostos pela EMES.

Publicada na revista Práticas em Contabilidade e Gestão (PCG), a pesquisa dos mestrandos Carine Moreira de Jesus, Carlos Henrique Neris Nossa e Celso Fabrini, com o professor Paschoal Tadeu Russo, teve como objetivo o desenvolvimento e aplicação de um modelo capaz de avaliar o alinhamento de empresas de acordo com os principais indicadores de conformidade social, propostos pela Emergence of Social Enterprises in Europe (EMES). Os indicadores foram utilizados em cada uma das etapas do processo de planejamento estratégico,

O objeto de avaliação do modelo conceitual foi o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC). A avaliação ocorreu por meio de evidências obtidas da análise de conteúdo de documentos públicos do Instituto.

Os resultados sugerem que o IBGC demonstra estar alinhado com o modelo conceitual proposto, assim como, foi possível localizar atividades concretas inseridas em quase 100% dos entroncamentos do modelo conceitual, além da busca de melhoria contínua em cada revisão de seu planejamento estratégico, a qual vem sendo refletida por meio de resultados positivos e em sua expansão.

Autores

 

Carine Moreira de Jesus é aluna do curso de Mestrado Profissional em Controladoria e Finanças da Fipecafi e Gerente administrativo financeiro da Sensenova.

 

Carlos Henrique Neris Nossa é aluno do curso de Mestrado Profissional em Controladoria e Finanças da Fipecafi e Consultor sênior da PwC

 

Celso Fabrini é aluno do curso de Mestrado Profissional em Controladoria e Finanças da Fipecafi, Consultor autônomo e microempresário.

 

Paschoal Tadeu Russo é Professor doutor do Programa do Mestrado em Controladoria e Finanças da Fipecafi.

 

O artigo foi publicado na revista Práticas em Contabilidade e Gestão (PCG), e pode ser encontrado no link:

http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/pcg/article/view/12314/7721

 

 

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *