Profissionais de Supply Chain estão entre os mais disputados por empresas

Supply-chain-warehouse

Uma recente pesquisa da companhia de recrutamento especializado Page Personnel, divulgada pelo portal InfoMoney, revelou algumas das profissões mais buscadas pelas empresas nos últimos meses. Os profissionais de Supply Chain figuram entre os mais disputados no mercado de trabalho.

Além disso, o estudo ressaltou algumas das características atraentes para os contratadores, independentemente do cargo ocupado. São elas: pensamento estratégico, trazer resultado imediato, ter um ótimo networking e total domínio do cargo.

Confira a lista completa de profissões (e seus salários):

EXECUTIVO DE VENDAS HUNTER SÊNIOR

Esse profissional precisa ter conhecimento do segmento e boa relação com as empresas para gerar bons negócios.
No caso de vendas técnicas, pede-se formação técnica relacionada com o segmento de atuação. Em mercados menos técnicos, o curso de formação é aberto.

O salário médio é R$ 7.000.

ANALISTA DE PRECIFICAÇÃO (MERCADO DE BENS DE CONSUMO)

O funcionário deve ser analítico e ter familiaridade com números e criação de modelos econômicos. Ele deve saber precificar produtos com ferramentas de apoio (como softwares que as empresas compram), e manualmente (usando Access e Excel).
A formação requisitada é de graduação em economia, administração, engenharia ou estatística.

O salário médio é de R$ 5.500.

ANALISTA DE CUSTOS

Espera-se que o profissional seja experiente e analítico, com conhecimentos em diversos formatos de apuração de custos. Também deve ser proativo e ter bom relacionamento interpessoal.
A formação requisitada é a graduação em economia, administração, engenharia ou ciências contábeis.

O salário médio é de R$ 5.000.

COORDENADOR DE UNIVERSIDADE CORPORATIVA

Esse profissional deve ter sólida experiência em treinamento, conhecimento das ferramentas de avaliação de desempenho, e visão de negócios.
O candidato pode ser graduado em em psicologia, administração de empresas ou recursos humanos.

O salário médio é de R$ 7.000.

ESPECIALISTA DE PROJETOS

Espera-se alguém multitarefas, com habilidade para lidar com prazos, números, pessoas, cálculos técnicos, processos, metodologia, qualidade etc.
O profissional ideal tem formação em engenharia, e às vezes alguma passagem por alguma consultoria. Também pede-se domínio de ferramentas como MSproject e Excel.

O salário médio é de R$ 7.500.

ANALISTA SÊNIOR / ESPECIALISTA DE “SUPPLY CHAIN” (CADEIA DE FORNECEDORES)
É preciso perfil estratégico e proativo, além de habilidade em integrar, analisar, planejar e viabilizar soluções e melhorias integradas na cadeia. Também espera-se conhecimento e passagem por pelo menos três áreas que compõem a gerência de “supply chain”. O inglês deve ser fluente.
A formação requisitada é a graduado em administração, engenharia ou áreas correlatas. Também pede-se MBA ou cursos específicos nas áreas de logística e “supply chain”.

O salário médio é de R$ 7.000.

ARQUITETO DE SISTEMAS

O profissional deve com sólida experiência em arquitetura de sistemas e, em paralelo, conhecer a lógica de programação, banco de dados, metodologias e ter capacidade de gerir projetos.
Os candidatos devem ser graduados em faculdades de primeira linha no segmento de tecnologia da informação. Inglês fluente é necessário.

O salário médio é de R$ 7.500.

Uma ideia sobre “Profissionais de Supply Chain estão entre os mais disputados por empresas

  1. Há um bom mercado para esse profissional na cidade ou estado do Rio de Janeiro? Em que area? Pois vejo que todas praticamente precisam desse profissional e suas ferramentas para melhorar custo X beneficio de seus produtos até chegarem a ponta. Há alguma informação / pesquisa sobre o assunto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>