Confira os depoimentos coletados durante o evento “Avanços e Desafios da Regulação e Prática da Contabilidade Aplicada ao Setor Público em Padrões Internacionais”

Durante o evento “Avanços e Desafios da Regulação e Prática da Contabilidade Aplicada ao Setor Público em Padrões Internacionais”, que ocorreu no dia 03 de março de 2015, na Sede da FIPECAFI, coletamos alguns depoimentos de pessoas que assistiram a palestra.

Confira e fique por dentro de nossas palestras:

Ayres Moura, sócio da EY

“Uma convergência para os padrões internacionais de contabilidade não é meramente um assunto contábil. Isso envolve principalmente o desenvolvimento da parte de sistemas informatizados, como apresentado na palestra de Leonardo Silveira do Nascimento, Coordenador-Geral do Tesouro Nacional sobre Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação e também a parte do levantamento dos bens patrimoniais das entidades, sendo que muitos não são apresentados no balanço. Todos esses levantamentos demandam tempo, então acho que a coleta de informações e a informatização são requisitos fundamentais para essa implementação. A palestra agregou valor a minhas atividades, principalmente pelo esclarecimento do processo de conversão da contabilidade no Brasil com as normas internacionais.” (Ayres Moura, sócio da EY – Ernst & Young).

 

Meiri Mayumi Urashita, Especialista Contábil da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

“A capacitação continuada dos servidores será fator fundamental para o sucesso da convergência da contabilidade pública brasileira às Normas Internacionais de Contabilidade Pública. A contabilidade e a auditoria governamental são elementos essenciais para o efetivo controle social, de modo a facilitar o acompanhamento das políticas públicas, contribuindo para que essas ações se revertam em benefícios reais para o cidadão. Dessa forma o processo de convergência será fator vital para o processo de governança pública, evidenciando adequadamente a posição patrimonial dos entes. Os Padrões Internacionais de contabilidade pública são importantes e necessários para que todos possam compartilhar e comparar informações técnicas considerando-se os mesmos conceitos agregando maior qualidade. Para que a implementação seja realizada em curto prazo, as áreas de contabilidade e controle interno devem conduzir o processo de disseminação do conhecimento junto às unidades de planejamento, orçamento, finanças e patrimônio como forma de suporte aos novos procedimentos contábeis adotados, fortalecendo dessa forma a gestão pública. Para atingir a estrutura de contabilidade adequada, é necessária a reestruturação das áreas de contabilidade no setor público com a capacitação e especialização do quadro funcional. A palestra promovida pela FIPECAFI “Avanços e Desafios da Regulação e Prática da Contabilidade Aplicada ao Setor Público em Padrões Internacionais” com o palestrante Leonardo Silveira do Nascimento foi muito relevante para minhas atividades profissionais”. (Meiri Mayumi Urashita, Especialista Contábil da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo)”.

 

Roseli Souza, especialista de soluções da SAP do Brasil

“A SAP Brasil é responsável  pela implementação de sistemas tecnológicos de grande porte no setor privado. A adoção das normas contábeis internacionais no setor público deve trazer novas oportunidades para as empresas de tecnologia.  A FIPECAFI  proporcionou com o evento a oportunidade para um aprimoramento do conhecimento sobre o tema. A palestra do Sr. Leonardo Silveira do Nascimento, coordenador-geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação trouxe uma atualização e oportunidade de diálogo para que os especialistas em contabilidade da SAP implementem as normas dentro do sistema de empresas do setor público. Precisamos colocar toda “essa inteligência no sistema para que se possa atender  às necessidades do setor público, inclusive com as atualizações  derivadas do Comitê de Pronunciamentos Contábeis”. Estamos trabalhando no assunto desde 2011, a palestra contribuiu para tirar dúvidas com relação a prazos, patrimônio, custeio. Concordo que há muito a ser feito, mas precisamos ir implementando.

A palestra atendeu plenamente minhas expectativas. Foi muito útil e interessante. Consolidou meu conhecimento e trouxe as perspectivas da implementação nas normas contábeis internacionais no setor público. Está de parabéns o palestrante e todos da FIPECAFI envolvidos com o evento”.

 

 

Carreira internacional: o momento é agora

Profissionais das áreas de contabilidade, controladoria e finanças que sonham com uma carreira profissional no exterior, já podem começar a pensar no que vão levar na mala.

Foi divulgado um ranking, pela consultoria de recursos humanos Glassdoor, com uma lista composta por 25 profissões que estão em alta nos Estados Unidos, neste momento. Dentre elas, quatro envolvem as áreas comentadas anteriormente: gerente de novos negócios, gerente financeiro, analista de negócios e gerente de auditoria.

O caminho que levou ao resultado foi baseado em três fatores, retirados da base de dados da consultoria, como:

1)      Ganhos em potencial, de acordo com o histórico de rendimentos anuais dos profissionais;

2)      Um índice que analisa oportunidades de carreira;

3)      O número de oportunidades disponíveis para cada carreira.

Confira o número de vagas e o salário médio anual para as carreiras relacionadas à economia:

  • Gerente de novos negócios

Vagas: 11,616

Salário anual: US$ 94,907

  • Gerente financeiro

Vagas: 9,728

Salário anual: US$ 122,865

  • Analista de negócios

Vagas: 21,337

Salário anual: US$ 74,638

  • Gerente de auditoria

Vagas: 4,585

Salário anual: US$ 69,271

Qualifique-se e amplie suas oportunidades na carreira! Conheça os MBAs da FIPECAFI.

O que envolve o universo atuarial?

Instituições de seguros e de previdência privada lidam com a gestão de ativos e de pensões, envolvendo a análise de riscos e expectativas financeiros e econômicos. Profissionais responsáveis pela administração delas precisam dominar uma série de conhecimentos em economia, administração, contabilidade, matemática, finanças e estatística, para entender os modelos atuariais elementares.

Os conceitos atuariais são aplicáveis em todos os ramos de negócios. Os estudos na área dividem-se basicamente em questões tratadas a longo (aposentadoria, pensões, seguros de vida e saúde) e a curto prazo (seguros de automóveis e responsabilidade civil). O desenvolvimento de produtos mais sofisticados e complexos tem feito o mercado demandar por profissionais com habilidades atuariais.

Esteja preparado para o moderno mundo dos negócios e seus riscos adjacentes: MBA Gestão Atuarial e Financeira da FIPECAFI. O curso tem mais de 15 anos de existência e é ministrado por professores inseridos no mercado e em projetos de pesquisas, trazendo o que há de mais atual para as salas de aula.

Não perca a chance, matricule-se!

FIPECAFI realiza o evento “Avanços e Desafios da Regulação e Prática da Contabilidade Aplicada ao Setor Público em Padrões Internacionais”

A FIPECAFI (Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras) realiza, no dia 03 de março de 2015, a partir das 15 horas, o evento: “Avanços e Desafios da Regulação e Prática da Contabilidade Aplicada ao Setor Público em Padrões Internacionais”.

O evento ocorrerá na sede da FIPECAFI, localizada na Rua Maestro Cardim, 1.170 – Bela Vista – São Paulo – SP (próximo da  Avenida Paulista e das estações Paraíso e Vergueiro do Metrô).

Na ocasião, Leonardo Silveira do Nascimento, Analista de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional (Ministério da Fazenda), será o palestrante. Leonardo Silveira do Nascimento exerce o cargo de Coordenador-Geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação. É membro do IPSASB (International Public Sector Accounting Standards Board) junto à IFAC (International Federation of Accountants). É membro do NBC T SP (Grupo Assessor das Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público) junto ao CFC (Conselho Federal de Contabilidade).

As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas.

Serviço:

Evento “Avanços e Desafios da Regulação e da Prática da Contabilidade Aplicada ao Setor Público em Padrões Internacionais”

Data: 03 de março de 2015

Horário: a partir das 15 horas

Local: sede da FIPECAFI – Rua Maestro Cardim, 1.170 – Bela Vista – São Paulo – SP (próximo da Avenida Paulista e das estações Paraíso e Vergueiro do Metrô).

Mais informações: (11) 2184-2096 ou eventos@fipecafi.org.br

 

Evento debate a regulação da contabilidade pública aos padrões internacionais

A Faculdade FIPECAFI realiza no dia 03 de março, a partir das 15h, mais uma palestra voltada à atualização dos profissionais da área contábil. O tema da vez será “Avanços e Desafios da Regulação e Prática da Contabilidade Aplicada ao Setor Público em Padrões Internacionais” e o palestrante o analista de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda, Leonardo Silveira do Nascimento.

O evento tem a coordenação dos professores do MBA Contabilidade Pública da FIPECAFI, Patrícia Varela e Iran Siqueira. As inscrições podem ser feitas na página de eventos ou pelo e-mail eventos@fipecafi.org.

Mais informações podem ser obtidas através do telefone (11) 2184.2096.

 

Palestra: Avanços e Desafios da Regulação e Prática da Contabilidade Aplicada ao Setor Público em Padrões Internacionais

Data: 03 de março de 2015
Horário: 15h
Palestrante: Leonardo Silveira do Nascimento, analista de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional (Ministério da Fazenda)
Local: FIPECAFI – Rua Maestro Cardim, 1170 – Bela Vista – São Paulo/SP (próximo à Avenida Paulista e das estações Paraíso e Vergueiro do Metrô)

Instituições financeiras: ingresse da melhor forma

Atuar em instituições financeiras faz parte dos planos de diversos profissionais. Muitas vezes, elas oferecem benefícios maiores que de outras empresas, ajudando a reduzir os gastos de seus funcionários. Outra vantagem a ser destacada, é a possibilidade de plano de carreira. Essa série de pontos positivos que tornam os bancos mais atrativos, também fazem com que os processos seletivos sejam mais criteriosos e estratégicos.

Antes de se candidatar, os profissionais devem verificar se as vagas disponíveis são compatíveis com suas capacidades. Grande parte dos não aprovados são dispensados por “aumentarem” suas experiências e habilidades ou por não atualizarem seus currículos.

Se você já integra alguma organização financeira e tem interesse em alcançar cargos mais altos e de liderança ou se deseja ingressar nesse universo, amplie suas possibilidades com a Especialização em Banking, da FIPECAFI. O curso irá expandir seus conhecimentos sobre o funcionamento do mercado financeiro, suas oportunidades de negócios, seus produtos, suas operações e seus riscos. Você ainda desenvolverá sua capacidade analítica e decisória.

Inscreva-se na próxima turma e alcance seu objetivo profissional. Matriculando-se até 27/02 você ganha 5% de desconto! Confira as condições com a nossa central de informações: (11) 2184.2020 ou comercial@fipecafi.org.

Leia mais

Eliseu Martins, presidente do Conselho Curador da FIPECAFI, recebe o Prêmio Professor Notável do CRC SP

Os impactos das IFRS no cenário contábil do Brasil

A importante decisão de atuar no setor público

A crise financeira de 2008 ocasionou incertezas na economia, aumentando o número de recém-formados que planejam obter estabilidade através da carreira no setor público. Dados divulgados pelo IBGE, sobre o ano de 2012, divulgaram que o governo brasileiro empregava cerca de 3,2 milhões de pessoas.

Considerada a maior motivação deste tipo de trajetória, a estabilidade contraria a busca por uma carreira profissional desafiadora e a oportunidade de contribuir diretamente na edificação de políticas para um Brasil melhor. Quem pensa que atuar no setor público é sinônimo de pouco trabalho, engana-se. As questões mais complexas estão concentradas na esfera pública.

Os gestores exigem formação acadêmica específica e qualificada, para modernizar o serviço oferecido à sociedade. Querer fazer a diferença e se contentar com conquistas diárias são dois pontos importantes para fazer carreira no setor público. Muitas vezes os profissionais têm seus projetos impedidos ou modificados devido a empecilhos, como cortes no orçamento e conflitos políticos. Nestes casos é preciso “pensar fora da caixa” e buscar formas inovadoras para pôr o projeto em prática.

Se você exerce ou tem interesse em exercer atividades relacionadas às áreas de gestão, planejamento, orçamento, controle interno, controle externo, licitação e contratos, conheça o MBA Contabilidade Pública da FIPECAFI. Adquira conhecimentos sobre as normas brasileiras e internacionais de contabilidade aplicadas ao setor público.

Matriculando-se até 27/02 você ganha 5% de desconto! Confira as condições com a nossa central de informações: (11) 2184.2020 ou comercial@fipecafi.org.

Eliseu Martins, presidente do Conselho Curador da FIPECAFI, recebe o Prêmio Professor Notável do CRC SP

O Prof. Dr. Eliseu Martins, presidente do Conselho Curador da FIPECAFI, recebeu o “Prêmio Professor Notável”, em solenidade, na noite de 15 de dezembro de 2014, na sede do CRC SP (Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo).

Claudio Avelino Mac-Knight Filippi, presidente do CRC SP, informou que o Prof. Dr. Eliseu Martins foi vencedor por unanimidade na Comissão de Desenvolvimento Científico do CRC SP que divulgou o Prêmio Professor Notável de 2014. O prêmio valoriza o acadêmico que se dedica ao ensinamento da ciência contábil.

O Prof. Dr. Eliseu Martins que recebeu o Diploma de Honra ao Mérito do Prêmio Professor Notável 2014 é: Instituidor da FIPECAFI. Atual Presidente e Membro Nato e Vitalício do Conselho Curador da Fundação; é Professor Emérito da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo. Autor e coautor de livros, teses e artigos. Ex-Diretor da Comissão de Valores Mobiliários em duas gestões e do Banco Central. Consultor, palestrante e parecerista na área contábil. Conselheiro de Administração e Fiscal de diversas empresas. Membro do CPC – Comitê de Pronunciamentos Contábeis e detentor da Medalha João Lyra pelo Conselho Federal de Contabilidade.

Para 2014, após análise minuciosa de todos os candidatos, a Comissão, por unanimidade, escolheu dentre os excelentes candidatos o Prof. Dr. Eliseu Martins, da Universidade de São Paulo, por apresentar um nível de reconhecimento acadêmico irrefutável.

Eliseu Martins

Mineiro de Albertina, nascido em 1945, dirigiu a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP) de 1998 a 2002. Profissional de prestígio, tem trabalhado ao longo de sua carreira tanto para a melhoria do ensino da Contabilidade nas universidades quanto para a praticidade da vida profissional dos profissionais da Contabilidade.

Filho de pai agricultor e mãe dona de casa, o jovem Eliseu jamais cogitara a carreira contábil, seu sonho era a mineralogia. No entanto, perdido na mocidade, acompanhou um amigo à banca de inscrições do vestibular da FEA e, movido por um impulso ocasional, inscreveu-se também.

No primeiro ano de curso básico, a Contabilidade o fisgou. Mais tarde, Eliseu prestou monitoria aos professores Alkindar de Toledo Ramos e Sérgio de Iudícibus na disciplina de Contabilidade Geral e decidiu-se, então, pela carreira acadêmica.

Graduou-se em 1967 e tornou-se professor assistente do Departamento de Contabilidade e Atuária já no ano seguinte a convite de Iudícibus. Neste momento da vida, largou emprego de funcionário do Banco do Brasil em favor da universidade e casou-se com Débora Aversari, com quem teve dois filhos: Vinícius e Eric.

Em 1973, concluiu Doutorado em Controladoria e Contabilidade pela FEA-USP. Em 1978, alcançou a Livre-Docência pela mesma faculdade. E, no decorrer dos anos, realizou cursos de especialização na FEA, na Universidade de Illinois, EUA, no INSEAD, França, entre outros.

Em 1983, assumiu o papel de Professor Adjunto. E ascendeu a Professor Titular da FEA em 1987.

De 1991 a 1994, exerceu função de Chefe de Departamento de Contabilidade e Atuária da FEA. E em 1998, tomou posse da cadeira de Diretor.

Em seus quatro anos à frente da FEA, Eliseu concluiu a reforma do prédio FEA 1, emancipou a FEA Ribeirão Preto, criou o Programa de Extensão de Serviços à Comunidade (Pesc) e trabalhou para o fortalecimento e estreitamento das relações entre os Departamentos, as Fundações e a Direção da Faculdade, além de colocar a FEA em maior evidência dentro da USP.

No âmbito da Faculdade, foi ainda coordenador da Pós-Graduação em Contabilidade e Atuária e da Comissão de Pós-Graduação. E presidiu a Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi) por duas vezes e o Instituto Brasileiro de Pesquisas Contábeis Atuariais e Financeiras (Ipecafi).

Na esfera da Universidade de São Paulo, Eliseu foi membro do Conselho Universitário e da Comissão de Orçamento e Patrimônio (COP). E cooperou como organizador do Estudo Previdenciário da Universidade.

Foi diretor da CVM entre os anos de 1985 e 1988, quando implantou a Correção Monetária Integral no Mercado de Capitais no Brasil, modelo exportado e adotado por diversos países e organizações.

No governo, representou o Brasil junto à Organização das Nações Unidas (ONU) como integrante do Grupo Intergovernamental de Especialistas em Contabilidade e Informação entre 1987 e 1990. Atendeu ainda como Diretor de Fiscalização do Banco Central do Brasil de 1990 a 1991.

Exerceu também os cargos de assessor do secretário da Fazenda do Município de São Paulo e assessor do presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

Eliseu colaborou muito para a Contabilidade sendo autor e co-autor de livros de grande importância. Entre os quais, foi coautor de “Contabilidade Introdutória”, o grande ‘best-seller’ da disciplina, autor de “Contabilidade de Custos”, o livro mais vendido até hoje nessa área no Brasil, e coautor de “Contabilidade das Sociedades por Ações”, livro encomendado pela CVM que revolucionou a comunidade contábil a ponto de modificar sensivelmente a vida prática dos profissionais da Contabilidade.

Entre as homenagens recebidas, figura o Prêmio Prof. Eliseu Martins. Trata-se de um Prêmio que leva seu nome oferecido pela Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças (Fucape) às melhores monografias da área de negócios.

Foto Prof. Dr. Eliseu Martins

Participe de um grande encontro para discutir e aprender sobre contabilidade

Evento reúne profissionais e alunos em busca de trocas de experiências e conhecimentos

No dia 24 de setembro, a partir das 19 horas, a FIPECAFI fará um workshop com o tema “A Nova Contabilidade”, realizado pelo Programa de Pós-Graduação – Mestrado Profissional FIPECAFI. O encontro contará com os palestrantes:

– Prof. Iran Siqueira Lima: abertura e apresentação do curso;

– Prof. Sérgio de Iudícibus: palestra “Rumo à Contabilidade Econômica ou a Volta à Nobre Origem”;

– Prof. Eliseu Martins: palestra “Como Interpretar os Demonstrativos Financeiros na Nova Ordem Contábil”;

– Prof. Nelson Carvalho: mediador que fará um resumo das apresentações e questões.

 

Local: 24 de setembro

Data: 19h

Informações: (11) 2184-2020

Faça a sua inscrição pelo endereço: eventos@fipecafi.org

Ou através da nossa página de inscrições: http://mkt.fipecafi.org/landings/workshops/

Extensão Introdução à Psicologia Econômica começa amanhã

O curso conta com aulas expositivas, apresentação em Power Point e estímulo a debates

Profissionais formados em Psicologia, Contabilidade, Economia, Administração, Políticas Públicas, Direito, Micro finanças, Informação, Serviço Social e muitas outras áreas afins, e que querem interligar todos esses conhecimentos e voltá-los para a economia e finanças, devem se inscrever no curso.

O programa aborda temas como: psicologia econômica, economia comportamental, finanças comportamentais e neuroeconomia, fornecendo referências da literatura científica, dados de pesquisas e exemplos sobre diferentes aspectos psicológicos da tomada de decisão e do comportamento econômico. Além disso, o curso também descreve as principais dinâmicas mentais e sua influência sobre as decisões econômicas, com ênfase sobre fatores cognitivos e emocionais, e aprofunda o conhecimento sobre as etapas, padrões, suscetibilidade a enganos e fatores intervenientes presentes no processo decisório.

A próxima turma inicia nessa quinta-feira, 24 de julho, em período integral. Clique aqui, saiba mais sobre o curso e inscreva-se!

Em agosto a FIPECAFI completa 40 anos de tradição no ensino

A instituição tem orgulho da importante participação na carreira dos alunos e pesquisas no mercado 

No próximo mês, a Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras, completa 40 anos de um trabalho responsável e eficaz nas áreas de contabilidade, economia, finanças e afins.

Sempre inovando, a instituição cresceu e modernizou o ensino, criando novas formas e níveis de passar todo o conhecimento necessário para seus alunos. O corpo docente é composto por professores doutores e mestres em sua maioria titulados pela FEA/USP em contabilidade e áreas afins, com experiência no mercado e na docência de pós-graduação lato sensu (MBA). Além disso, a FIPECAFI tem grande presença nas pesquisas mais recentes e importantes da área, contando com profissionais atuantes e renomados.

Visite nosso site, conheça nossa missão e valores e venha fazer parte dessa história de sucesso! Clique aqui.

 

FIPECAFI recebe BM&FBovespa para falar sobre controladoria

Profissionais da companhia contam sobre a rotina e importância da área

No dia 10 de junho de 2014, o auditório da FIPECAFI será palco de um encontro de feras. O gerente de contabilidade, Paulo Claver, a gerente de controladoria, Alessandra Kardouss e o membro da Diretoria Executiva Financeira e Corporativa, Daniel Sonder, da BMF&Bovespa, ministrarão a palestra “A Importância da Controladoria”.

O evento terá início à partir das 19 horas. As inscrições são gratuitas e as vagas limitadas, portanto inscreva-se antecipadamente para garantir a sua.

Endereço: Auditório da sede da FIPECAFI – Rua Maestro Cardim, 1.170 – Bela

Vista – São Paulo/SP

Inscrições: eventos@fipecafi.org

Clique aqui e saiba mais.